Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Pensamentoss0ltos

quero morar para sempre no teu abraço

quero morar para sempre no teu abraço.jpg

Apetecia-me que chegasses de surpresa e me abraçasses por trás.

Sem eu sequer ter de me virar para te reconhecer.

Saber que és tu que ali estás só pela força do teu abraço.

Pela forma como o teu peito se encaixa nas minhas costas.

A forma como os teus braços envolvem os meus.

Reconhecer-te pelo teu cheiro que me invade, ainda que eu permaneça de olhos fechados.

Saber de cor o teu beijo no meu pescoço e sentir o teu respirar que me arrepia.

Apetecia-me assim um abraço por trás.

Daqueles que nos fazem esquecer o mundo que nos rodeia.

Um abraço que sabemos que nos vai agarrar e não mais largar.

 Um abraço que tudo transforma.

Que faz o frio do inverno transformar-se no calor do verão.

Um abraço que nos sossega e não nos deixa mais pensar e nos faz levitar.

Um abraço que perdura marcado no corpo.

Um abraço de que se precisa. Que se deseja desmesuradamente.

Que faz a alma acalmar e o corpo despertar.

Que faz o mundo parar e nos faz avançar.

Há abraços que nos fazem sorrir por dentro.

Que retiram da nossa mente o que não nos faz falta.

Abraços que se moldam à nossa alma.

Que se encaixam. Que se completam. Que nos amparam.

Abraços que, mesmo que durem um instante,

permanecem quentes no corpo depois de os braços se ausentarem.

Abraços que ficam eternamente marcados.

Há abraços poderosos. Com vontade. Que nos arrebatam os sentidos.

Que nos fazem arrepiar. Que fazem fundir cheiros.

Que se provam e se quer repetir. Uma e outra vez.

Há abraços assim. O teu abraço é um deles.
signature.jpg

Na Blogosfera desde 05 Agosto 2014

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.