Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Pensamentoss0ltos

Cara a Cara

O sofrimento coloca-nos cara a cara com nós mesmos.

E quase nunca é um encontro formidável.

Porque por hábito ou até mesmo por comodidade,

é mais fácil ignorar as nossas falhas e apenas apontar as nossa potencialidades.

A culpa raramente é nossa, procuramos sempre a culpa em terceiros.

De modo aliviar o nosso sentimento de culpa.

Vivemos numa constante e precária tentativa de equilíbrio,

ora ocultamos as nossas imperfeições dos outros e de nós mesmos,

ora ignoramos o trabalho que temos pela frente para transformá-las em algo melhor.

A consciência tem peso.

Quanto mais conscientemente encara-mos as nossas falhas, mais difícil se torna ignorá-las.

Resta-nos apenas aceitar nos tal como somos, com todos os nossos defeitos e virtudes. 

__________________________________________________________________
Poderá também gostar de:
               
 
     Momentos # 1            Teste Positivo

Desafio - Arroz Doce e Canela

Em resposta ao desafio proposto pelo Blog Arroz Doce e Canela, Obrigada pela nomeação ;)

 

O que você não sai de casa sem?

Sapatos. Sim porque em casa ando sempre descalça, faça sol, chuva ou vento.

 

Qual o seu animal favorito?

Até podia dizer Golfinho… mas a verdade é que só tive uma única vez o privilégio de estar perto de um. Por isso vou ficar pela minha gatinha Bá, que é uma autêntica mimosa e acima de tudo uma fiel amiga.

 

Qual o seu sapato favorito?

Tenho tantos pares, que fica difícil escolher apenas um. Posso gostar de vários?!

 

Produto de maquilhagem indispensável?

Lápis Preto, sem dúvida!

 

Qual o seu maior sonho?

Um Dia Viajar pelo mundo fora com destino indefinido.

 

Qual o seu maior defeito?

Sou teimosa que me farto!

 

O que te irrita nas pessoas?

Falta de educação e o constante uso de palavrões

 

Qual a sua comida favorita?

Tanta coisa! Como de tudo um pouco.

Só não me ponham iscas, moelas ou pipis á frente!!!

 

Doce ou Salgado?

Ambos! Depende dá minha disposição.

 

O que te deixa feliz?

Um abraço, um sorriso, um miminho do meu filhote, é a minha maior alegria. 

Bem-estar

Incrível como pequenas alterações nos nossos hábitos fazem diferenças tão grandes na nossa vida.

Já la vai praticamente um ano em que me levantei e decidi mudar.
Decidi que tinha de mudar os meus hábitos, praticar mais exercício e comer melhor.
Decidi porque me sentia mal com o meu corpo, mas mal sabia eu,
que isso, um dia se iria reflectir tanto na minha vida.
Não só fisicamente mas acima de tudo psicologicamente. 
 Só tenho pena, de não ter feito esta mudança há mais tempo.
__________________________________________________________________
Poderá também gostar de:
               
 

Puré à Xana

Lá em casa gostamos muito de puré.

Mas fazia poucas vezes porque demorava sempre mais do que arroz, massa ou até mesmo batata
e porque implicava sujar sempre mais alguma loiça.
Agora resolvi o problema graças a um truque que me ensinaram.
Coze-se as batatas na mesma.
Escorrem-se e depois esqueçam o passe-vite (que devite só tem o nome).
Basta usar a batedeira eléctrica na primeira velocidade.
Em pouco tempo tem as batatinhas todas esmagadas.
Depois é só pôr manteiga, leite e companhia.

 

A partir de agora o puré vai ter uma presença mais assídua nos nossos jantares.
Começou ontem com vitela estufada com cenoura.
Estava um mimo :o)

__________________________________________________________________

Poderá também gostar de:
               

Psicose Governamental

Li algures que Portugal apresenta a maior taxa de perturbações mentais em toda a Europa.

Já suspeitava, pois é na liderança do Estado que tais alucinações são mais notadas.

A esquizofrenia nasceu em 2011 ao assistirmos a um imposto extraordinário

sobre os nossos subsídios de Natal, o aumento do IVA,

e continuou em 2012 com o aumento do IMI.

A bipolaridade em deixar cair a TSU dos pensionistas

e ao mesmo tempo impor uma contribuição extraordinário sobre as reformas.

A ansiedade de querer mexer nos escalões e nas taxas do IRS,

cortar subsídios e prestações sociais com a convicção de

que a culpa desta psicose governamental é da função pública.

De manchete em Machete, da demissão de Relvas à de Gaspar,

de Paulo Portas que ameaçou fazer o mesmo mas que acabou promovido a vice primeiro ministro,

não há medicamentos que tratem esta gente e os tragam à realidade... !!!

__________________________________________________________________

Poderá também gostar de:
               
 
           Lembranças                     Exposição Pessoal
Na Blogosfera desde 05 Agosto 2014

Pág. 7/7